Sorry for interrupting, this website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Learn more
Accept & Close

Refeições Preparados - Brasil - Março 2013

"Apesar da penetração entre 80% dos consumidores, as refeições prontas não são percebidas pelos brasileiros como uma opção para consumo frequente. O preço dos produtos é alto, podendo ser duas a três vezes mais caro do que uma refeição caseira. Além disso, no geral os brasileiros conservam uma apreciação pela comida feita em casa.

Os consumidores jovens e os brasileiros que moram sozinhos são dois nichos com grande potencial de consumo, uma vez que valorizam a conveniência e a rapidez no preparo dos alimentos."
– Jean Manuel Gonçalves da Silva, Analista Sênior de Alimentos

Neste relatório abordaremos as seguintes questões:

  • Quais as razões para a baixa frequência de consumo de refeições prontas no Brasil?
  • Qual a relação dos brasileiros com a refeição caseira e o que pode ser uma oportunidade para a categoria de refeições prontas?
  • Quais as estratégias para os consumidores mais ativos, como os jovens e brasileiros que moram sozinhos?
  • Estratégias em saudabilidade podem ser eficientes para elevar o consumo da categoria?
  • Pensando nas classes mais baixas, quais estratégias para aumentar a frequência de consumo desse público?
 

As informações de tamanho de mercado congregam pizzas congeladas, refrigeradas e de conservação em temperatura ambiente, com peso mínimo de 250g. Excluídos das informações de mercado encontram-se as saladas e produtos que são comidos com acompanhamento, como os legumes. As informações de tamanho de mercado são baseadas nas vendas de varejo diretas ao consumidor, excluindo as refeições compradas em estabelecimentos de serviço como cafés e restaurantes, seja para consumo no local, para viagem ou delivery.

A pesquisa do consumidor para este relatório segue a terminologia comum usada no mercado brasileiro, onde os termos “refeição preparada” e “refeições prontas” são intercambiáveis. O termo “refeição prontas” é usado em um sentido muito mais amplo do que em mercados como Reino Unido e Estados Unidos e inclui os seguintes produtos, quando vendidos no varejo:

  • Pizzas congeladas ou refrigeradas;
  • Sopas;
  • Massas refrigeradas (incluindo lasanha, refeições feitas com massa e massa recheada);
  • Refeições feitas com vegetais (saladas, legumes cozidos e outros pratos vegetarianos);
  • Tortas;
  • Kits de refeição refrigerados ou congelados (ex: tacos, hambúrgueres, sanduíches);

What you get

What's included

Why buy from us?

Succeed

Our reports will provide you with market data, consumer research and competitive intelligence to succeed in your market.

Instant Access

Buy now and you'll have instant access to the information you need to make the right decisions.

Opportunities

Find out what's next in the markets that matter to you: where opportunities lie and what challenges you will face.

Trusted

A business Superbrand, Mintel is a source you can trust. We have been defining and refining the Market Intelligence mix since 1972.

Table of contents

  1. Introdução

      • Definições
        • Abreviações
        • Resumo Executivo

            • O mercado
              • Figura 1: Valor de vendas no varejo de refeições prontas no Brasil, 2007-12
              • Figura 2: Volume de vendas no varejo de refeições prontas no Brasil, 2007-12
            • Previsão
              • Figura 3: Valor de vendas no varejo de refeições prontas no Brasil, 2007-17
              • Figura 4: Volume de vendas no varejo de refeições prontas no Brasil, 2007-17
            • Empresas
              • Figura 5: Participação das empresas no volume de vendas de refeições prontas (incluindo pizzas), 2011
            • Tópicos do relatório
              • Preços mais baixos podem aumentar a frequência de consumo
                • Figura 6: Frequência no consumo de pizzas congeladas e massas/lasanha pronta, novembro 2012
              • Refeição caseira ainda é importante para o brasileiro
                • Figura 7: Consumo alimentar médio per capita dos brasileiros, por alimentos selecionados, 2008-09
              • Conveniência é especialmente importante para os jovens e solteiros
                • Figura 8: Consumo de massas/lasanhas e pizzas congeladas, na frequência “uma a duas vezes por semana”, pela idade dos consumidores, novembro 2012
              • Inovações em indulgência podem atrair mais do que saudabilidade
                • Figura 9: Lançamentos de refeições prontas no Brasil, por principais posicionamentos, 2009-12
              • Estratégias para baixa renda podem aumentar vendas da categoria
                • Figura 10: Não consumidores de refeições prontas, “nunca”, por grupo socio-econômico, novembro 2012
              • O que pensamos
              • Preços mais Baixos Podem Aumentar a Frequência de Consumo

                • Tópicos centrais
                  • Brasileiros consomem refeições prontas com pouca frequência
                    • Figura 11: Consumo de refeições prontas no Brasil, novembro 2012
                    • Figura 12: Frequência no consumo de pizzas congeladas e massas/lasanha pronta, novembro 2012
                  • Consumo é concentrado em poucos produtos
                    • Figura 13: Frequência no consumo de refeições prontas, nas frequências “menos de uma vez por semana” e “menos de uma vez ao mês”, novembro 2012
                  • Figura 14: Lançamentos de refeições prontas, por tipo de produto, 2009-12
                    • Figura 14: Lançamentos de refeições prontas, por tipo de produto, 2009-12
                  • Preços altos limitam o consumo
                    • Figura 15: Preço de refeição feita em casa, em restaurante e refeições prontas selecionadas, por porção de 500g, 2013
                  • Figura 16: Preço de uma refeição feita em casa, no Brasil, 2013
                    • Figura 16: Preço de uma refeição feita em casa, no Brasil, 2013
                    • Figura 17: Preço de uma refeição pronta de 500g, no Brasil, 2013
                  • Figura 18: Comportamento de compra, concordância com a afirmação “estou preparada para pagar mais por produtos que facilitam a minha vida”, novembro 2012
                    • Figura 18: Comportamento de compra, concordância com a afirmação “estou preparada para pagar mais por produtos que facilitam a minha vida”, novembro 2012
                    • Figura 19: Comportamento de compra, afirmação “estou preparada para pagar mais por produtos que facilitam a minha vida”, por grupo socio-econômico, novembro 2012
                  • O que isso significa
                  • Refeição Caseira Ainda é Importante para o Brasileiro

                    • Tópicos centrais
                      • Refeição caseira ainda é comum entre os brasileiros
                        • Figura 20: Hábitos de comer, novembro 2012
                        • Figura 21: Hábitos de comer, novembro 2012
                      • Figura 22: Consumo alimentar médio per capita dos brasileiros, por alimentos selecionados, 2008-09
                        • Figura 22: Consumo alimentar médio per capita dos brasileiros, por alimentos selecionados, 2008-09
                        • Figura 23: Ocasiões em que comprou refeições preparadas, novembro 2012
                      • Baixa penetração de freezers limita a demanda por alimentos congelados
                        • Figura 24: Presença de bens no total de domicílios, 2011
                      • Figura 25: Lançamentos de refeições prontas no Brasil, por tipo de conservação, 2009-12
                        • Figura 25: Lançamentos de refeições prontas no Brasil, por tipo de conservação, 2009-12
                      • Produtos pré-prontos criam a interação do consumidor com o preparo
                        • O que isso significa
                        • Conveniência é Especialmente Importante para os Jovens e Solteiros

                          • Tópicos centrais
                            • Consumidores jovens apresentam as maiores frequências de consumo na categoria
                              • Figura 26: Consumo de refeições prontas, pela idade, novembro 2012
                              • Figura 27: Consumo de massas/lasanhas e pizzas congeladas, “uma a duas vezes por semana”, pela idade dos consumidores, novembro 2012
                            • Figura 28: Hábitos de comer, pela idade dos consumidores, novembro 2012
                              • Figura 28: Hábitos de comer, pela idade dos consumidores, novembro 2012
                            • “The power of one”: população que mora só aumenta no Brasil
                              • Figura 29: Distribuição dos domicílios permanentes por número de moradores, Brasil, 2000, 2010
                            • Figura 30: Idade média dos noivos no casamento, 2001 e 2011
                              • Figura 30: Idade média dos noivos no casamento, 2001 e 2011
                            • Rapidez e praticidade no preparo é a maior demanda dos consumidores de refeições prontas
                              • Figura 31: Atitudes no consumo de refeições preparadas, novembro 2012
                              • Figura 32: Atitudes no consumo de refeições preparadas, concordância com a afirmação “eu compro refeições preparadas porque eu não tenho tempo para preparar comida caseira”, pela idade, novembro 2012
                            • O que isso significa
                            • Inovações em Indulgência Podem Atrair Mais do que Saudabilidade

                              • Tópicos centrais
                                • Consumidores tendem a não relacionar refeições prontas com saudabilidade
                                  • Figura 33: Atitudes no consumo de refeições preparadas, novembro 2012
                                  • Figura 34: Atitudes na compra de refeições preparadas, novembro 2012
                                • O sacrifício da vida saudável
                                  • Figura 35: Atitudes em relação à saúde, junho 2012
                                  • Figura 36: Atitudes em relação a hábitos de vida saudável, junho 2012
                                • Figura 37: Atitudes em relação à saúde, junho 2012
                                  • Figura 37: Atitudes em relação à saúde, junho 2012
                                  • Figura 38: Atitudes em relação à saúde, “prefiro aproveitar minha vida a estar constantemente preocupado com saúde”, por grupo socio-econômico, junho 2012
                                • Figura 39: Atitudes em relação à saúde, “Levar uma vida saudável implica em sacrifícios”, por grupo socio-econômico, junho 2012
                                  • Figura 39: Atitudes em relação à saúde, “Levar uma vida saudável implica em sacrifícios”, por grupo socio-econômico, junho 2012
                                  • Figura 40: Atitudes em relação a hábitos de vida saudável, Junho 2012
                                • Poucos lançamentos de refeições prontas no Brasil contemplam o apelo saudável
                                  • Figura 41: Lançamentos de refeições prontas no Brasil, por principais posicionamentos, 2009-12
                                  • Figura 42: Lançamentos de refeições prontas nos EUA, por principais posicionamentos, 2009-12
                                • Figura 43: Lançamentos de refeições prontas no Reino Unido, por principais posicionamentos, 2009-12
                                  • Figura 43: Lançamentos de refeições prontas no Reino Unido, por principais posicionamentos, 2009-12
                                • Apelo ao sabor e qualidade podem melhorar a frequência de consumo
                                  • O que isso significa
                                  • Estratégias para Baixa Renda Podem Aumentar Vendas da Categoria

                                    • Tópicos centrais
                                      • Classes DE apresentam as menores frequências de consumo
                                        • Figura 44: Consumo de refeições prontas, por grupo socio-econômico, novembro 2012
                                      • Figura 45: Não consumidores de refeições prontas, por grupo socio-econômico, novembro 2012
                                        • Figura 45: Não consumidores de refeições prontas, por grupo socio-econômico, novembro 2012
                                      • Figura 46: Frequência no consumo de massas/lasanhas, por grupo socio-econômico, em frequências selecionadas, novembro 2012
                                        • Figura 46: Frequência no consumo de massas/lasanhas, por grupo socio-econômico, em frequências selecionadas, novembro 2012
                                      • Figura 47: Consumo de pizzas congeladas, por grupo socio-econômico, em frequências selecionadas, novembro 2012
                                        • Figura 47: Consumo de pizzas congeladas, por grupo socio-econômico, em frequências selecionadas, novembro 2012
                                      • Preparação versátil e pré-prontos são compatíveis com a vida das classes DE
                                        • Opções tamanho família podem atrair consumidor
                                          • Figura 48: Lançamentos de refeições prontas, por peso, em mercados selecionados, 2009-12
                                        • Marcas próprias permitem o posicionamento mais barato
                                          • Figura 49: Lançamentos de refeições prontas de marca própria, em mercados selecionados, 2009-12
                                        • O que isso significa
                                        • Apêndice – O mercado

                                            • Figura 50: Valor e volume de vendas no varejo de refeições prontas no Brasil, 2007-17
                                            • Figura 51: Valor e volume de vendas no varejo de refeições prontas no Brasil, previsão Mintel e pior e melhor cenário, 2012-17
                                            • Figura 52: Empresas líderes em valor e volume de vendas de refeições prontas, 2011
                                        • Apêndice – Pesquisa do Consumidor

                                          • Frequência no consumo de refeições prontas
                                            • Figura 53: Frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 54: Consumo de refeições prontas, pela demografia, novembro 2012
                                          • Figura 55: Frequência no consumo de massa/lasanha, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 55: Frequência no consumo de massa/lasanha, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 56: Frequência no consumo de pizza congelada pronta para o forno, pela demografia, novembro 2012
                                          • Figura 57: Frequência no consumo de nuggets congelados, hambúrgueres e outras carnes preparadas, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 57: Frequência no consumo de nuggets congelados, hambúrgueres e outras carnes preparadas, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 58: Frequência no consumo de tortas resfriadas, pela demografia, novembro 2012
                                          • Figura 59: Frequência no consumo de sopas resfriadas/congeladas, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 59: Frequência no consumo de sopas resfriadas/congeladas, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 60: Frequência no consumo de refeições baseadas em vegetais congelados/resfriados, pela demografia, novembro 2012
                                          • Figura 61: Frequência no consumo de produtos de padaria congelados/resfriados, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 61: Frequência no consumo de produtos de padaria congelados/resfriados, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 62: Frequência no consumo de kits de refeições congeladas/resfriadas, pela demografia, novembro 2012
                                          • Ocasiões em que comprou refeições preparadas
                                            • Figura 63: Ocasiões em que comprou refeições preparadas, novembro 2012
                                            • Figura 64: Ocasiões em que comprou massa/lasanha, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                          • Figura 65: Ocasiões em que comprou pizza congelada, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 65: Ocasiões em que comprou pizza congelada, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 66: Ocasiões em que comprou nuggets congelados, hambúrgueres e carnes preparadas, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                          • Figura 67: Ocasiões em que comprou tortas resfriadas, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 67: Ocasiões em que comprou tortas resfriadas, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 68: Ocasiões em que comprou sopas resfriadas/congeladas, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                          • Figura 69: Ocasiões em que comprou refeições baseadas em vegetais congelados/refrigerados, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 69: Ocasiões em que comprou refeições baseadas em vegetais congelados/refrigerados, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 70: Ocasiões em que comprou produtos de padaria congelados/resfriados, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                          • Figura 71: Ocasiões em que comprou kits de refeições congeladas/resfriadas, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 71: Ocasiões em que comprou kits de refeições congeladas/resfriadas, pela frequência no consumo de refeições prontas, novembro 2012
                                            • Figura 72: Ocasiões mais importantes em que comprou refeições prontas, pela demografia, novembro 2012
                                          • Figura 73: Ocasiões em que comprou refeições prontas, como um substituto da refeição normal/almoço no escritório, novembro 2012, continuação
                                            • Figura 73: Ocasiões em que comprou refeições prontas, como um substituto da refeição normal/almoço no escritório, novembro 2012, continuação
                                          • Atitudes no consumo de refeições preparadas
                                            • Figura 74: Atitudes no consumo de refeições preparadas, novembro 2012
                                            • Figura 75: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pelas ocasiões em que comprou refeições preparadas, novembro 2012
                                          • Figura 76: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de massas/lasanhas, novembro 2012
                                            • Figura 76: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de massas/lasanhas, novembro 2012
                                            • Figura 77: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de pizzas congeladas, novembro 2012
                                          • Figura 78: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de nuggets congelados, hambúrgueres e outras carnes preparadas, novembro 2012
                                            • Figura 78: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de nuggets congelados, hambúrgueres e outras carnes preparadas, novembro 2012
                                            • Figura 79: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de tortas resfriadas, novembro 2012
                                          • Figura 80: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de sopas resfriadas/congeladas, novembro 2012
                                            • Figura 80: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de sopas resfriadas/congeladas, novembro 2012
                                            • Figura 81: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de refeições baseadas em vegetais congelados/resfriados, novembro 2012
                                          • Figura 82: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de produtos de padaria congelados/resfriados, novembro 2012
                                            • Figura 82: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de produtos de padaria congelados/resfriados, novembro 2012
                                            • Figura 83: Atitudes no consumo de refeições preparadas, pela frequência no consumo de kits de refeições congeladas/resfriadas, novembro 2012
                                          • Atitudes na compra de refeições preparada
                                            • Figura 84: Atitudes na compra de refeições preparada, novembro 2012
                                            • Figura 85: Atitudes na compra de refeições preparadas, em ocasiões em que comprou refeições preparada, novembro 2012
                                          • Figura 86: Atitudes na compra de refeições preparada, pela frequência no consumo de massa/lasanha, novembro 2012
                                            • Figura 86: Atitudes na compra de refeições preparada, pela frequência no consumo de massa/lasanha, novembro 2012
                                            • Figura 87: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de pizza congelada, novembro 2012
                                          • Figura 88: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de nuggets congelados, hambúrgueres e carnes preparadas, novembro 2012
                                            • Figura 88: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de nuggets congelados, hambúrgueres e carnes preparadas, novembro 2012
                                            • Figura 89: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de torta resfriada, novembro 2012
                                          • Figura 90: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de sopa resfriada/congelada, novembro 2012
                                            • Figura 90: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de sopa resfriada/congelada, novembro 2012
                                            • Figura 91: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de refeições baseadas em vegetais congelados/resfriados, novembro 2012
                                          • Figura 92: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de produtos de padaria congelados/resfriados, novembro 2012
                                            • Figura 92: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de produtos de padaria congelados/resfriados, novembro 2012
                                            • Figura 93: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela frequência no consumo de kits de refeições congeladas/resfriadas, novembro 2012
                                          • Figura 94: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 94: Atitudes na compra de refeições preparadas, pela demografia, novembro 2012
                                            • Figura 95: Atitudes na compra de refeições prontas, pela demografia, novembro 2012, continuação
                                        • Apêndice – Dados do GNPD

                                            • Figura 96: Lançamentos de refeições prontas no Brasil, por segmento, 2007-12
                                            • Figura 97: Lançamentos de refeições prontas no Brasil, por empresa, 2007-12
                                            • Figura 98: Lançamentos de refeições prontas no Brasil, por posicionamento, 2007-12
                                          • Figura 99: Lançamentos de refeições prontas, por tipo de lançamento, 2007-12
                                            • Figura 99: Lançamentos de refeições prontas, por tipo de lançamento, 2007-12

                                        Companies Covered

                                        To learn more about the companies covered in this report please contact us.

                                        Refeições Preparados - Brasil - Março 2013

                                        £3,199.84 (Excl.Tax)