Sorry for interrupting, this website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Learn more
Accept and close

Description

Description

“Existem oportunidades para se trabalhar mais o posicionamento de um produto saudável. Ele pode ser mais abrangente, se for direcionado para o público jovem, mas também pode ser mais específico, como no caso dos produtos diet. Para os produtos funcionais, é importante comunicar melhor os benefícios prometidos, para que o consumidor identifique os produtos certos para o seu consumo.”
– Naira Sato, Analista Sênior

Neste relatório, vamos responder às seguintes questões fundamentais:

  • Produtos saudáveis sem apelo de saudabilidade poderiam atrair mais os jovens?
  • Produtos diet podem crescer no mercado se diferenciando dos produtos light e zero?
  • É possível trabalhar melhor a comunicação dos benefícios prometidos pelos produtos saudáveis? 

What's included

What's included

Table of contents

Table of contents

  1. Introdução

      • Definições
        • Diet, light e zero
          • Claims relacionados à saudabilidade (“menos”, “funcional”, “livre de”, “natural” e “mais”)
            • Siglas, moedas e escalas
            • Resumo Executivo

                • O consumidor
                  • Endividamento dos idosos no Brasil pode estar impactando o seu consumo de produtos funcionais
                    • Figura 1: Consumo total de produtos funcionais, que oferecem benefícios para saúde (ex. regula o intestino, dá mais energia, queima gorduras do corpo), por faixa etária, julho de 2014
                  • Mulheres jovens costumam controlar mais a alimentação durante os dias da semana
                    • Figura 2: Ocasiões “costumo comer alimentos mais saudáveis durante os dias da semana” e “depois de passar um dia inteiro comendo “besteiras”, procuro compensar comendo alimentos mais saudáveis no dia seguinte”, por total e gênero feminino de faixa etária 16-24 anos, julho de 2014
                  • Enfatizar o sabor dos produtos orgânicos pode aumentar a venda de produtos saudáveis
                    • Figura 3: Concordância com atributos relacionados a comer alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                  • Exemplos do mercado asiático de alimentos que contribuem para a saúde podem ser utilizados no Brasil
                    • Figura 4: Atitude “hoje em dia costumo comer alimentos mais saudáveis por causa de problemas de saúde”, por faixa etária, julho de 2014
                  • Educar a classe ABC1 a usar grãos integrais em mais receitas pode fazer com que o consumo da categoria aumente
                    • Figura 5: Atitudes “comeria mais grãos integrais se tivessem um preço melhor” e “comeria mais grãos integrais se soubesse como usá-los em diferentes receitas”, por classe social, julho de 2014
                  • O que pensamos
                  • Mercado – Tópicos Centrais

                      • Produtos saudáveis sem apelo de saudabilidade poderiam atrair mais os jovens?
                        • Produtos diet podem crescer no mercado se diferenciando dos produtos light e zero?
                          • É possível trabalhar melhor a comunicação dos benefícios prometidos pelos produtos saudáveis?
                          • Tendências Aplicadas

                            • Tendência: Help Me Help Myself (Ajude-me a me Ajudar)
                              • Tendência: FSTR HYPR (Rápido e Mais Rápido)
                                • Tendência: Let’s Make a Deal (Vamos Fazer um Acordo)
                                • Quem está Inovando?

                                  • Tópicos centrais
                                    • Lançamentos com claims de funcionalidade vêm aumentando sua participação no país
                                      • Figura 6: Participação de lançamentos de alimentos e bebidas no total de produtos com claims relacionados à saudabilidade (“menos”, “funcional”, “livre de”, “natural” e “mais”), no Brasil, 2009-13
                                      • Figura 7: Participação de lançamentos de alimentos e bebidas no total das top 8 subcategorias de produtos com claim “funcional”, no Brasil, 2013
                                    • Alimentos podem se apropriar dos claims mais utilizados por bebidas para impulsionar o consumo da categoria e vice-versa
                                      • Figura 8: Participação de lançamentos de alimentos com claims relacionados à saudabilidade (“menos”, “funcional”, “livre de”, “natural” e “mais”) no total de lançamentos de alimentos, no Brasil, 2013
                                      • Figura 9: Participação de lançamentos de bebidas com claims relacionados à saudabilidade (“menos”, “funcional”, “livre de”, “natural” e “mais”) no total de lançamentos de bebidas, no Brasil, 2013
                                  • O Consumidor – Frequência de Comer Alimentos/Produtos Saudáveis

                                    • Tópicos centrais
                                      • Mais de nove em cada dez brasileiros declaram consumir frutas, legumes e verduras
                                        • Figura 10: Consumo total de alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                                      • A exemplo da categoria de pães, outros produtos feitos com grãos integrais têm potencial para crescer no Brasil
                                        • Figura 11: Consumo total de alimentos / produtos saudáveis, por gênero, julho de 2014
                                      • Endividamento dos idosos no Brasil pode estar impactando o seu consumo de produtos funcionais
                                        • Figura 12: Consumo total de produtos funcionais, que oferecem benefícios para saúde (ex. regula o intestino, dá mais energia, queima gorduras do corpo), por faixa etária, julho de 2014
                                    • O Consumidor – Ocasiões para Comer Alimentos/ Produtos Saudáveis

                                      • Tópicos centrais
                                        • Almoço é a principal ocasião para o consumo de alimentos saudáveis
                                          • Figura 13: Ocasiões para comer alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                                        • Mulheres jovens costumam controlar mais a alimentação durante os dias da semana
                                          • Figura 14: Ocasiões “costumo comer alimentos mais saudáveis durante os dias da semana” e “depois de passar um dia inteiro comendo “besteiras”, procuro compensar comendo alimentos mais saudáveis no dia seguinte”, por total e gênero feminino de faixa etária 16-24 anos, julho de 2014
                                        • Alimentos que contribuem para a prática de exercícios físicos podem ser atraentes para a classe AB
                                          • Figura 15: Ocasião “costumo comer alimentos mais saudáveis antes/depois de praticar exercícios físicos/esportes”, por classe social, julho de 2014
                                      • O Consumidor – Concordância Com Atributos Relacionados a Comer Alimentos/Produtos Saudáveis

                                        • Tópicos centrais
                                          • Enfatizar o sabor dos produtos orgânicos pode aumentar a venda de produtos saudáveis
                                            • Figura 16: Concordância com atributos relacionados a comer alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                                          • Benefícios estéticos dos produtos sem glúten e sem lactose podem atrair um público consumidor mais abrangente para o segmento
                                          • O Consumidor – Atitudes em Relação a Comer Alimentos/Produtos Saudáveis

                                            • Tópicos centrais
                                              • Problemas de saúde podem estar impactando em maior demanda por alimentos saudáveis
                                                • Figura 17: Atitudes em relação a comer alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                                              • Exemplos do mercado asiático de alimentos que contribuem para a saúde podem ser utilizados no Brasil
                                                • Figura 18: Atitude “hoje em dia costumo comer alimentos mais saudáveis por causa de problemas de saúde”, por faixa etária, julho de 2014
                                              • Com maior interesse em alimentação saudável, classe AB pode avaliar melhor as tendências alimentares internacionais
                                                • Figura 19: Atitude “gostaria que tivessem mais opções de produtos saudáveis nos supermercados”, por classe social, julho de 2014
                                            • O Consumidor – Atitudes em Relação a Comer Produtos Integrais e Grãos Integrais

                                              • Tópicos centrais
                                                • Consumidores de produtos saudáveis parecem ter envolvimento limitado com os produtos e grãos integrais
                                                  • Figura 20: Atitudes em relação a comer produtos integrais e grãos integrais, julho de 2014
                                                • Educar a classe ABC1 a usar grãos integrais em mais receitas pode fazer com que o consumo da categoria aumente
                                                  • Figura 21: Atitudes “comeria mais grãos integrais se tivessem um preço melhor” e “comeria mais grãos integrais se soubesse como usá-los em diferentes receitas”, por classe social, julho de 2014
                                                • Comunicar mais os benefícios dos grãos para a saúde pode impulsionar consumo da categoria
                                                • Apêndice – Frequência de Comer Alimentos/Produtos Saudáveis

                                                    • Figura 22: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                                                    • Figura 23: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Frutas, pela demografia, Julho de 2014
                                                  • Figura 24: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Legumes e Verduras, pela demografia, julho de 2014
                                                    • Figura 24: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Legumes e Verduras, pela demografia, julho de 2014
                                                    • Figura 25: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Grãos integrais (ex. granola, quinoa, linhaça, aveia), pela demografia, julho de 2014
                                                  • Figura 26: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos feitos com grãos integrais (ex. pães, biscoitos, macarrão), pela demografia, julho de 2014
                                                    • Figura 26: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos feitos com grãos integrais (ex. pães, biscoitos, macarrão), pela demografia, julho de 2014
                                                    • Figura 27: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos sem glúten (ex. bolos, pães), pela demografia, julho de 2014
                                                  • Figura 28: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos orgânicos, pela demografia, julho de 2014
                                                    • Figura 28: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos orgânicos, pela demografia, julho de 2014
                                                    • Figura 29: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos light/diet/zero, pela demografia, julho de 2014
                                                  • Figura 30: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos sem lactose (ex. bolos, biscoitos), pela demografia, julho de 2014
                                                    • Figura 30: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos sem lactose (ex. bolos, biscoitos), pela demografia, julho de 2014
                                                    • Figura 31: Frequência em comer alimentos/produtos saudáveis – Produtos funcionais, que oferecem benefícios para saúde (ex. regula o intestino, dá mais energia, queima gorduras do corpo), pela demografia, julho de 2014
                                                • Apêndice – Ocasiões para Comer Alimentos/Produtos Saudáveis

                                                    • Figura 32: Ocasiões para comer alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                                                    • Figura 33: Ocasiões para comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014
                                                  • Figura 34: Ocasiões para comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014 (continuação)
                                                    • Figura 34: Ocasiões para comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014 (continuação)
                                                • Apêndice – Concordância com Atributos Relacionados a Comer Alimentos/Produtos Saudáveis

                                                    • Figura 35: Concordância com atributos relacionados a comer alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                                                    • Figura 36: Concordância com atributos relacionados a comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014
                                                  • Figura 37: Concordância com atributos relacionados a comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014 (continuação)
                                                    • Figura 37: Concordância com atributos relacionados a comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014 (continuação)
                                                • Apêndice – Atitudes em Relação a Comer Alimentos/Produtos Saudáveis

                                                    • Figura 38: Atitudes em relação a comer alimentos/produtos saudáveis, julho de 2014
                                                    • Figura 39: Atitudes em relação a comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014
                                                  • Figura 40: Atitudes em relação a comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014 (continuação)
                                                    • Figura 40: Atitudes em relação a comer alimentos/produtos saudáveis, pela demografia, julho de 2014 (continuação)
                                                • Apêndice – Atitudes em Relação a Comer Produtos Integrais e Grãos Integrais

                                                    • Figura 41: Atitudes em relação a comer produtos integrais e grãos integrais, julho de 2014
                                                    • Figura 42: Atitudes em relação a comer produtos integrais e grãos integrais, pela demografia, julho de 2014
                                                  • Figura 43: Atitudes em relação a comer produtos integrais e grãos integrais, pela demografia, julho de 2014 (continuação)
                                                    • Figura 43: Atitudes em relação a comer produtos integrais e grãos integrais, pela demografia, julho de 2014 (continuação)

                                                About the report

                                                This report will give you a complete 360-degree view of your market. Not only is it rooted in robust proprietary and high-quality third-party data, but our industry experts put that data into context and you’ll quickly understand:

                                                • The Consumer

                                                  What They Want. Why They Want It.

                                                • The Competitors

                                                  Who’s Winning. How To Stay Ahead.

                                                • The Market

                                                  Size, Segments, Shares And Forecasts: How It All Adds Up.

                                                • The Innovations

                                                  New Ideas. New Products. New Potential.

                                                • The Opportunities

                                                  Where The White Space Is. How To Make It Yours.

                                                • The Trends

                                                  What’s Shaping Demand – Today And Tomorrow.

                                                Please Note: This is a sample report. All of the figures, graphs, and tables have been redacted.

                                                Trusted by companies. Big and small.

                                                • bell
                                                • boots
                                                • google
                                                • samsung
                                                • allianz
                                                • kelloggs
                                                • walgreens
                                                • redbull
                                                • unilever
                                                • Harvard
                                                • pinterest
                                                • new-york-time