Sorry for interrupting, this website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Learn more
Accept and close

Description

Description

“O mercado de fraldas descartáveis no Brasil é o exemplo de como inovação e comunicação dos reais benefícios de um produto podem dar certo. Com o aumento da renda familiar da nova classe média brasileira e a ascensão da mulher ao mercado de trabalho, os consumidores passaram a buscar a praticidade das fraldas descartáveis, principalmente a partir de 2012. A categoria de lenços umedecidos também obteve um bom desempenho entre 2013 e 2014.”
– Juliana Martins, Analista de Beleza e Cuidados Pessoais

Este relatório responde às seguintes questões:

  • Quais produtos de higiene pessoal desenvolvidos especificamente para bebês e crianças são mais comprados pelos pais?
  • Quais fatores influenciam os consumidores ao comprar produtos de higiene pessoal para seus filhos?
  • Quais são os benefícios procurados pelos pais ao escolherem produtos de higiene pessoal para seus filhos?
  • Quais são as atitudes dos pais em relação aos produtos de higiene pessoal existentes no mercado?

What's included

What's included

Table of contents

Table of contents

  1. Introdução

      • Definição
        • Abreviações
        • Resumo Executivo

            • O mercado
              • Figura 1: Previsão de vendas no varejo de fraldas descartáveis*, por valor, Brasil – 2010-20
            • Empresas e marcas
              • Figura 2: Participação dos líderes de vendas no varejo de fraldas descartáveis, por valor, Brasil 2012-14
            • O consumidor
              • 43% dos brasileiros com filhos de 0 a 12 anos disseram ter comprado loções hidratantes nos últimos seis meses
                • Figura 3: Tipos de produtos de higiene pessoal para bebês e crianças comprados, Brasil – Agosto de 2015
              • Recomendação de família e amigos é importante para 45% dos pais
                • Figura 4: Comportamento de compra de produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, Brasil – Agosto de 2015
              • 58% dos pais buscam produtos infantis que tenham aprovação médica
                • Figura 5: Benefícios ao escolher produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, Brasil – Agosto de 2015
              • 54% dos pais se preocupam com as reações alérgicas que marcas que eles não conhecem possam causar na pele das crianças
                • Figura 6: Atitudes em relação a produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, Brasil – Agosto de 2015
              • O que pensamos
              • Mercado – Tópicos Centrais

                  • Como continuar atraindo os pais com filhos entre 8 e 12 anos a comprar produtos de higiene infantil?
                    • Já que muitos pais acham importante ler a composição de cada produto antes de comprá-lo, como facilitar esta comunicação aos clientes?
                      • Há espaço para as marcas continuarem inovando em produtos de higiene oral para crianças?
                      • Quem está Inovando?

                        • Tópicos centrais
                          • Apesar de alguns pais buscarem produtos que não contenham perfume, os lançamentos no Brasil de produtos sem fragrância são irrelevantes
                            • Figura 7: Lançamentos de produtos de beleza e cuidados pessoais para bebês e crianças de 0 a 12 anos com posicionamento ‘sem fragrância’, por top 5 países e Brasil, 2013 – Agosto de 2015
                          • Produtos com posicionamentos ‘orgânico’ e ‘100% natural’ são escassos no Brasil
                            • Figura 8: Lançamentos de produtos de beleza e cuidados pessoais para bebês e crianças de 0 a 12 anos com posicionamento ‘orgânico’ e ‘100% natural’, por top 5 países e Brasil, 2013 – Agosto de 2015
                          • A participação de maquiagens infantis vêm aumentando sua representatividade nos lançamentos anuais do setor
                            • Figura 9: Lançamentos de produtos de beleza e cuidados pessoais para bebês e crianças de 0 a 12 anos, por tipo de categoria, Brasil, 2013 – Agosto de 2015
                        • Mercado e Previsão

                          • Tópicos centrais
                            • Inovações e preços acessíveis fizeram o mercado de fraldas crescer em ritmo acelerado entre 2012 e 2014
                              • Figura 10: Vendas no varejo de fraldas descartáveis*, em valor, no Brasil – 2010-20
                            • Figura 11: Vendas no varejo de fraldas regulares e fraldas pull-up*, em valor, no Brasil – 2013-14
                              • Figura 11: Vendas no varejo de fraldas regulares e fraldas pull-up*, em valor, no Brasil – 2013-14
                            • A tendência para 2015 é de busca por produtos mais baratos por parte dos consumidores
                              • Figura 12: Previsão de vendas no varejo de fraldas descartáveis*, em valor, Brasil – 2010-20
                            • Fatores usados na previsão
                              • A subcategoria de lenços umedecidos é a que mais faturou entre 2013 e 2014
                                • Figura 13: Vendas no varejo de alguns produtos de higiene infantil, em valor, no Brasil – 2013-14
                            • Participação de Mercado

                              • Tópicos centrais
                                • A Procter & Gamble é líder do mercado graças a sua marca Pampers, que possui várias linhas diferentes de fraldas
                                  • Figura 14: Participação dos líderes de vendas no varejo de fraldas descartáveis, por valor, Brasil 2012-14
                              • Empresas e Marcas

                                • Procter & Gamble
                                  • Kimberly-Clark
                                    • Hypermarcas S.A.
                                    • O Consumidor – Produtos Comprados

                                      • Tópicos centrais
                                        • 43% dos brasileiros com filhos de 0 a 12 anos disseram ter comprado loções hidratantes nos últimos seis meses
                                          • Figura 15: Tipos de produtos de higiene pessoal para bebês e crianças comprados, Brasil – Agosto de 2015
                                        • Colônias são mais compradas pelos pais de bebês, enquanto que protetores solares atraem mais os pais de crianças de 3 a 7 anos
                                          • Figura 16: Tipos de produtos de higiene pessoal para bebês e crianças comprados, por pais com filhos de menos de 3 anos e pais com filhos entre 3 e 7 anos, Brasil – Agosto de 2015
                                        • Produtos básicos de higiene são menos comprados pelos pais com filhos de 8 a 12 anos
                                          • Figura 17: Tipos de produtos de higiene pessoal para bebês e crianças comprados, por pais com filhos com menos de 3 anos, pais com filhos de 3 a 7 anos e pais com filhos de 8 a 12 anos, Brasil – Agosto de 2015
                                      • O Consumidor – Comportamento de Compra

                                        • Tópicos centrais
                                          • Recomendação de família e amigos é importante para 45% dos pais
                                            • Figura 18: Comportamento de compra de produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, Brasil – Agosto de 2015
                                          • Os homens são mais propensos do que as mulheres a preferir comprar produtos em supermercados e farmácias
                                            • Figura 19: Comportamento de compra de produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, por gênero, Brasil – Agosto de 2015
                                          • Os habitantes do Nordeste tendem mais a buscar produtos em promoção e produtos mais baratos para os filhos
                                            • Figura 20: Comportamento de compra de produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, por região, Brasil – Agosto de 2015
                                        • O Consumidor – Benefícios Importantes

                                          • Tópicos centrais
                                            • 58% dos pais buscam produtos infantis que tenham aprovação médica
                                              • Figura 21: Benefícios ao escolher produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, Brasil – Agosto de 2015
                                            • Algumas mães parecem buscar mais produtos que tenham proteção solar, enquanto os pais buscam produtos de fácil aplicação
                                              • Figura 22: Benefícios ao escolher produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, por gênero, Brasil – Agosto de 2015
                                            • Embalagens com personagens infantis e produtos específicos para meninos ou meninas atraem pais com filhos de 3 a 7 anos
                                              • Figura 23: Benefícios ao escolher produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, por pais com filhos com menos de 3 anos e pais com filhos de 3 a 7 anos, Brasil – Agosto de 2015
                                          • O Consumidor – Atitudes em Relação aos Produtos Infantis

                                            • Tópicos centrais
                                              • 54% dos pais se preocupam com as reações alérgicas que marcas que eles não conhecem possam causar na pele das crianças
                                                • Figura 24: Atitudes em relação a produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, Brasil – Agosto de 2015
                                              • Os homens são mais propensos do que as mulheres a considerar boa a qualidade de marcas nacionais e as marcas próprias
                                                • Figura 25: Atitudes em relação a produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, por gênero, Brasil – Agosto de 2015
                                              • Os pais de crianças de 3 a 7 anos confiam na qualidade e na diversão que produtos de marcas licenciadas possam proporcionar aos filhos
                                                • Figura 26: Atitudes em relação a produtos de higiene pessoal para bebês e crianças, por pais com filhos com menos de 3 anos, pais com filhos de 3 a 7 anos e pais com filhos de 8 a 12 anos, Brasil – Agosto de 2015

                                            About the report

                                            This report will give you a complete 360-degree view of your market. Not only is it rooted in robust proprietary and high-quality third-party data, but our industry experts put that data into context and you’ll quickly understand:

                                            • The Consumer

                                              What They Want. Why They Want It.

                                            • The Competitors

                                              Who’s Winning. How To Stay Ahead.

                                            • The Market

                                              Size, Segments, Shares And Forecasts: How It All Adds Up.

                                            • The Innovations

                                              New Ideas. New Products. New Potential.

                                            • The Opportunities

                                              Where The White Space Is. How To Make It Yours.

                                            • The Trends

                                              What’s Shaping Demand – Today And Tomorrow.

                                            Please Note: This is a sample report. All of the figures, graphs, and tables have been redacted.

                                            Trusted by companies. Big and small.

                                            • bell
                                            • boots
                                            • google
                                            • samsung
                                            • allianz
                                            • kelloggs
                                            • walgreens
                                            • redbull
                                            • unilever
                                            • Harvard
                                            • pinterest
                                            • new-york-time