Sorry for interrupting, this website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Learn more
Accept and close

Description

Description

“Para aumentar o consumo de vinhos no Brasil, é possível estimular novos usos do espumante, ainda muito percebido como uma bebida somente para ocasiões especiais. Comunicar benefícios da categoria relevantes às mulheres, como vinhos mais suaves, e aos consumidores acima de 45 anos, como atributos de saudabilidade, também podem contribuir para o crescimento do consumo de vinhos no país.”
– Naira Sato, Analista Sênior

Neste relatório, vamos responder às seguintes questões fundamentais:

  • É possível aumentar o consumo de espumantes entre adultos jovens por meio de novas ocasiões de consumo?
  • Vinhos direcionados para mulheres podem aumentar o consumo entre esse público?
  • Comunicar benefícios de saúde pode aumentar o consumo de vinhos de adultos de 45+ anos fora de casa?

What's included

What's included

Table of contents

Table of contents

  1. Introdução

      • Definições
        • Mercado de vinhos
          • Siglas
            • Moedas e escalas
            • Resumo Executivo

                • O mercado
                  • Figura 1: Previsão de valor do mercado de vinhos, no varejo, 2009-19
                • Empresas, marcas e inovações
                  • Aurora lidera o mercado vinhos no Brasil
                    • Figura 2: Participação das empresas no varejo de vinhos e espumantes/frisantes, em valor, 2012-13
                  • O consumidor
                    • Explorar o território de refrescância pode impulsionar o consumo de vinhos espumantes/frisantes, brancos e rosés
                      • Figura 3: Frequência de beber vinho espumante/frisante, vinho branco e vinho rosé, julho de 2014
                    • Alto custo de se beber fora de casa e cansaço dos consumidores pode estar influenciando o consumo de vinhos em casa
                      • Figura 4: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, em casa, fora de casa, a negócios e em viagens, julho de 2014
                    • Antioxidantes do vinho podem ajudar a fortalecer o posicionamento de saudável por meio da estética
                      • Figura 5: Razões para beber vinhos e espumantes, “porque acho que vinho é uma bebida saudável”, por faixa etária e gênero feminino, julho de 2014
                    • Logos comunicando os prêmios dos vinhos e das vinícolas podem ajudar a agregar mais qualidade ao produto
                      • Figura 6: Atitudes em relação a beber vinhos e espumantes, “Estou disposto a pagar mais por vinhos, espumantes/frisantes de maior qualidade” e “estaria disposto a pagar mais por vinhos, espumantes/frisantes se entendesse mais sobre eles”, julho de 2014
                    • O que pensamos
                    • Mercado – Tópicos Centrais

                        • É possível aumentar o consumo de espumantes entre adultos jovens por meio de novas ocasiões de consumo?
                          • Vinhos direcionados para mulheres podem aumentar o consumo entre esse público?
                            • Comunicar benefícios de saúde pode aumentar o consumo de vinhos de adultos de 45+ anos fora de casa?
                            • Aplicação de Tendências

                              • Tendência: Survival Skills (Habilidade de Sobrevivência)
                                • Tendência: Slow it all down (Desacelere)
                                  • Tendência: Help Me Help Myself (Ajude-me a me Ajudar)
                                  • Quem está Inovando?

                                    • Tópicos centrais
                                      • Vinhos de tamanhos menores são mais convenientes para o consumo e incentivam a experimentação de novos produtos
                                        • Figura 7: Participação global de lançamentos de vinhos em embalagens abaixo de 501 ml em relação ao total global de lançamentos da categoria em tamanhos abaixo de 501 ml, 2011-13
                                      • Vinhos saborizados são uma tendência mundial, que poderia ser mais explorada no Brasil
                                        • Figura 8: Participação global de lançamentos de vinhos sabotrrizados em relação ao total global de lançamentos de bebidas alcoólicas saborizadas, 2009-13
                                    • Mercado e Previsão

                                      • Tópicos centrais
                                        • Investimentos internacionais e aumento da renda da classe média contribuem para o crescimento do mercado de vinhos no Brasil
                                          • Figura 9: Vendas no varejo de vinhos, Brasil, valor, 2009-19
                                        • Produtos premium e novos hábitos de consumo podem impulsionar o mercado de vinhos no Brasil
                                          • Figura 10: Previsão de valor do mercado de vinhos, no varejo, 2009-19
                                        • Fatores usados na previsão
                                        • Market Share

                                          • Tópicos centrais
                                            • Aurora lidera o mercado vinhos no Brasil
                                              • Figura 11: Participação das empresas no varejo de vinhos e espumantes/frisantes, em valor, 2012-13
                                          • Empresas e Marcas

                                            • Aurora
                                              • Miolo
                                                • Concha y Toro
                                                  • Salton
                                                  • O Consumidor – Frequência de Beber Vinhos e Espumantes

                                                    • Tópicos centrais
                                                      • Apesar do clima quente, vinho tinto é o mais consumido entre os brasileiros
                                                        • Figura 12: Frequência de beber vinhos e espumantes, Julho de 2014
                                                      • Explorar o território de refrescância pode impulsionar o consumo de vinhos espumantes/frisantes, brancos e rosés
                                                        • Figura 13: Frequência de beber vinho espumante/frisante, vinho branco e vinho rosé, Julho de 2014
                                                      • Posicionar o vinho tinto para os homens jovens pode aumentar o consumo entre esse público
                                                        • Figura 14: Frequência de beber vinho tinto, por gênero e faixa etária de 18-24 anos, Julho de 2014
                                                    • O Consumidor – Ocasiões Para Beber Vinhos e Espumantes

                                                      • Tópicos centrais
                                                        • Alto custo de se beber fora de casa e cansaço dos consumidores pode estar influenciando o consumo de vinhos em casa
                                                          • Figura 15: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, em casa, fora de casa, a negócios e em viagens, julho de 2014
                                                        • É possível aumentar o consumo de vinhos durante as refeições em casa e fora de casa
                                                          • Figura 16: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, por ocasiões “ao jantar/almoçar fora para comemorar datas especiais”, “durante as refeições diárias na minha casa”, “ao jantar/almoçar fora com família ou amigos”, “ao receber visitas em casa (ex. almoço/jantar com amigos/família)”, julho de 2014
                                                        • Vinhos podem ser direcionados para mães que querem relaxar em casa
                                                          • Figura 17: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, por gênero feminino e faixa etária, julho de 2014
                                                          • Figura 18: Mães, por faixa etária, por idade dos filhos morando no domicílio, julho de 2014
                                                      • O Consumidor – Razões Para Beber Vinhos e Espumantes

                                                        • Tópicos centrais
                                                          • Vinho é visto como uma bebida saudável por um quarto dos brasileiros
                                                            • Figura 19: Razões para beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                          • Garrafas personalizadas podem se tornar presentes para comemorações
                                                            • Figura 20: Razões para beber vinhos e espumantes, “para comemorar algo”, por faixa etária, julho de 2014
                                                          • Antioxidantes do vinho podem ajudar a fortalecer o posicionamento de saudável por meio da estética
                                                            • Figura 21: Razões para beber vinhos e espumantes, “porque acho que vinho é uma bebida saudável”, por faixa etária e gênero feminino, julho de 2014
                                                        • O Consumidor – Atitudes em Relação a Beber Vinhos e Espumantes

                                                          • Tópicos centrais
                                                            • Um quinto dos consumidores de vinho está disposto a pagar mais por produtos de melhor qualidade
                                                              • Figura 22: Atitudes em relação a beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                            • Logos comunicando os prêmios dos vinhos e das vinícolas podem ajudar a aportar mais qualidade ao produto
                                                              • Figura 23: Atitudes em relação a beber vinhos e espumantes, “Estou disposto a pagar mais por vinhos, espumantes/frisantes de maior qualidade” e “estaria disposto a pagar mais por vinhos, espumantes/frisantes se entendesse mais sobre eles”, julho de 2014
                                                            • Vinhos rosé podem agradar consumidores em busca de vinhos mais doces
                                                            • Apêndice – Mercado e Previsão

                                                                • Figura 24: Melhor e pior cenário para a previsão de valor do mercado de vinhos, no varejo, 2014-19
                                                            • Apêndice – Frequência de Beber Vinho e Espumante

                                                                • Figura 25: Frequência de beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                                • Figura 26: Frequência de beber vinhos e espumantes – Vinho tinto, pela demografia, julho de 2014
                                                              • Figura 27: Frequência de beber vinhos e espumantes – Vinho espumante/frisante (ex champanhe, prosecco), pela demografia, julho de 2014
                                                                • Figura 27: Frequência de beber vinhos e espumantes – Vinho espumante/frisante (ex champanhe, prosecco), pela demografia, julho de 2014
                                                                • Figura 28: Frequência de beber vinhos e espumantes – Vinho branco, pela demografia, julho de 2014
                                                              • Figura 29: Frequência de beber vinhos e espumantes – Vinho rosé, pela demografia, julho de 2014
                                                                • Figura 29: Frequência de beber vinhos e espumantes – Vinho rosé, pela demografia, julho de 2014
                                                            • Apêndice – Ocasiões para Beber Vinhos e Espumantes

                                                                • Figura 30: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                                • Figura 31: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014
                                                              • Figura 32: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014 (cont.)
                                                                • Figura 32: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014 (cont.)
                                                                • Figura 33: Ocasiões para beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014 (cont.)
                                                              • Figura 34: Frequência de beber vinhos e espumantes, por ocasiões para beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                                • Figura 34: Frequência de beber vinhos e espumantes, por ocasiões para beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                            • Apêndice – Razões para Beber Vinhos e Espumantes

                                                                • Figura 35: Razões para beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                                • Figura 36: Razões para beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014
                                                              • Figura 37: Razões para beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014 (cont.)
                                                                • Figura 37: Razões para beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014 (cont.)
                                                                • Figura 38: Frequência de beber vinhos e espumantes, pelas razões para beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                            • Apêndice – Atitudes em Relação a Beber Vinhos e Espumantes

                                                                • Figura 39: Atitudes em relação a beber vinhos e espumantes, julho de 2014
                                                                • Figura 40: Atitudes em relação a beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014 (cont.)
                                                              • Figura 41: Atitudes em relação a beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014 (cont.)
                                                                • Figura 41: Atitudes em relação a beber vinhos e espumantes, pela demografia, julho de 2014 (cont.)
                                                                • Figura 42: Frequência de beber vinhos e espumantes, pelas atitudes em relação a beber vinhos e espumantes, julho de 2014

                                                            About the report

                                                            This report will give you a complete 360-degree view of your market. Not only is it rooted in robust proprietary and high-quality third-party data, but our industry experts put that data into context and you’ll quickly understand:

                                                            • The Consumer

                                                              What They Want. Why They Want It.

                                                            • The Competitors

                                                              Who’s Winning. How To Stay Ahead.

                                                            • The Market

                                                              Size, Segments, Shares And Forecasts: How It All Adds Up.

                                                            • The Innovations

                                                              New Ideas. New Products. New Potential.

                                                            • The Opportunities

                                                              Where The White Space Is. How To Make It Yours.

                                                            • The Trends

                                                              What’s Shaping Demand – Today And Tomorrow.

                                                            Please Note: This is a sample report. All of the figures, graphs, and tables have been redacted.

                                                            Trusted by companies. Big and small.

                                                            • bell
                                                            • boots
                                                            • google
                                                            • samsung
                                                            • allianz
                                                            • kelloggs
                                                            • walgreens
                                                            • redbull
                                                            • unilever
                                                            • Harvard
                                                            • pinterest
                                                            • new-york-time